LOCAIS

ARQUIVO

ASSINE OS FEEDS

Software Livre

Dicas de sites

Publicidade


SSD Virtual Server 5$/mo HD 20GB 512Ram





Você está consultando atualmente os arquivos da categoria Tecnologia.


Publicado em 03 de dezembro de 2009 ás 20:01

Skype permite integração de sua rede ao protocolo SIP

Em fase de testes, programa Skype para SIP oferece diversos recursos a qualquer corporação que use sistema de Voz sobre IP (VoIP).

IDG NOW!Qualquer negócio que tenha um sistema corporativo de VoIP agora pode usar o serviço SIP com o Skype para reduzir os gastos. O programa Skype para SIP entrou em fase pública de testes nesta quinta-feira (3/12)..

Com o serviço, os consumidores podem colocar botões “clique para ligar” em web sites, receber ligações via Skype sem custos adicionais, montar direcionamentos de números Skype que ligam para desktop por meio do sistema IP PBX e fazer ligações externas com o recurso Skype Out.

Os usuários precisam ajustar as configurações de SIP em suas plataformas IP PBXs para poder se comunicar na rede do Skype. Também é preciso ter conexão de banda larga.

A Skype já certificou os sistemas IP PBX da Cisco, Shortel e SIPfoundry para funcionar com na plataforma Skype para SIP e já tem outras 20 fornecedores trabalhando para futuras certficações, processo que garante que as tecnologias possam operar em conjunto.

Equipamentos SIP não certificados podem funcionar com o Skype para SIP, mas os usuários terão de configurar tudo sem a ajuda da documentação, segundo a companhia. O Skype afirmou que tem 10 mil negócios cadastrados para a fase de testes, e espera mais com a liberação pública.

(Tim Greene)
IDG NOW!

Publicado em 03 de dezembro de 2009 ás 19:57

Google inaugura serviço próprio de DNS

Com a tradução de nomes de sites feita em seus servidores, empresa quer tornar navegação mais ágil.

IDG NOW!O Google criou um novo sistema para resolver pesquisas a sistemas de nome de domínio (DNS) que, segundo a empresa, vai acelerar a navegação na web pelos usuários comuns, além de torná-la mais segura.

O serviço, que foi chamado de Google Public DNS, foi anunciado esta quinta-feira (3/12) e ainda está em fase experimental.

Ele tenta melhorar a tecnologia atual de resolução de DNS com um caching mais rápido e eficiente, e dispositivos adicionais de segurança contra ataques do tipo spoofing, que tentam enganar os usuários levando-os a visitar sites maliciosos.

O DNS permite que as pessoas escrevam o endereço do site em seus navegadores, traduzindo-o por seu endereço numérico no protocolo da internet (Internet Protocol, ou IP).

Para usar o Google Public DNS, os responsáveis pelos sites terão de mudar as configurações de rede para que as solicitações de acesso a seu site web sejam encaminhadas para o serviço do Google em vez de seus provedores de hospedagem.

O Google criou uma página web com instruções detalhadas de como efetuar a mudança.

IDG NOW!
http://idgnow.uol.com.br/internet/2009/12/03/google-lanca-servico-proprio-de-dns/

Publicado em 08 de outubro de 2009 ás 16:47

Uso seguro de pen drives nas empresas é tema de palestra gratuita em SP

IDG NOW!Palestras promovidas pela Multimídia Brasil, no dia 28 de outubro, na FGV-SP, pretendem orientar empresários sobre vazamento de dados.

A empresa Multimídia Brasil vai promover uma palestra gratuita sobre segurança em dispositivos de armazenamento, especialmente pen drives, no dia 28 de outubro, em São Paulo.

Baseada no caso do vazamento da prova do Enem, a palestra será voltada a empresas que querem garantir que os funcionários não copiem documentos com informações confidenciais, além de impedir a contaminação da rede por dispositivos infectados com algum tipo de vírus.

O workshop contará com uma apresentação do diretor de pesquisas de TI da consultoria IDC, Mauro Peres, e palestras do diretor comercial da Multimídia Brasil, Carlos Sacco.

As palestras serão realizadas no dia 28/10, das 8h30 às 12h, na Fundação Getúlio Vargas (Av. Paulista, 548. Sala 14, 1º andar, Bela Vista – São Paulo – SP).

A entrada será gratuita, mas a organização solicita que os participantes levem um quilo de alimento não-perecível. As inscrições devem ser feitas no site da Multimídia Brasil e as vagas são limitadas.

IDG NOW!
http://idgnow.uol.com.br/carreira/2009/10/08/uso-seguro-de-pen-drives-nas-empresas-e-tema-de-palestra-gratuita-em-sp/

Publicado em 08 de outubro de 2009 ás 16:36

Japão cria tecnologias para acalmar consumidor angustiado

R7.comA cada dia, surgem mais aparelhos que dão conselhos sobre a saúde e os hábitos do usuário

Os consumidores japoneses não sabem para que santo apelar: a crise econômica mudou seus hábitos, e eles se sentem fragilizados.

Mas em vez de buscarem coisas que apenas os divirtam, eles estão mais interessados em tecnologias que os tranquilizem – e é justamente neste nicho que os fabricantes de eletrônicos do país estão investindo.

Nos telefones celulares, já se tornaram populares serviços que enviam mensagens do tipo “seu filho chegou bem à escola”, “vovó saiu de casa” ou “vai chover daqui a dez minutos, não esqueça de seu guarda-chuva”.

Mas isso é apenas o começo: redes com sistemas de identificação e localização de todo tipo estão evoluindo rapidamente para prever ou prevenir cada vez mais e melhor.

Tudo para deixar os japoneses mais calmos, explica um pesquisador da Panasonic.

– Por meio de um sistema de etiquetas eletrônicas ativas conectadas a uma rede, os usuários recebem automaticamente informações, e, em função de sua localização precisa, informações sobre seus parentes ou sobre um acontecimento de seu interesse.

No Japão, onde a população de idosos é grande e cresce a passos largos, onde os pais dão enorme importância à vigilância dos filhos e onde terremotos e outras catástrofes naturais são frequentes, esses dispositivos são considerados fonte de tranquilidade e bem-estar social.

Cada vez há mais aparelhos capazes de dar conselhos pessoais sobre a saúde e os hábitos dos usuários: “seu coração está batendo muito rápido, caminhe mais devagar”, “você engordou um quilo esta semana, talvez devesse comer mais verduras e beber menos cerveja”.

O presidente da Panasonic, Fumio Ohtsubo, explica que é possível ir ainda mais além.

– Se você instalar pequenos sensores no corpo de uma pessoa, é possível acompanhar sua condição física de maneira permanente  e dar recomendações benéficas para sua saúde e, no fim das contas, para a sociedade.

Pensando da mesma forma, a companhia especializada em eletrônica Oki criou um sensor que pode ser fixado no braço e permite, por exemplo, analisar se a pessoa está realizando sua sequência diária de exercícios físicos corretamente – esta série é divulgada há anos em uma estação de rádio japonesa.

Em outra iniciativa parecida, a maior operadora de celulares do Japão, a NTT Docomo, se associou a vários fabricantes de balanças pessoais e outros aparelhos de medição física para oferecer um serviço de controle do peso e de medidas corporais de toda a família.

Assim, qualquer um pode saber como anda sua saúde pelo celular ou pelo computador.

Os eletrodomésticos também não vão ficar de fora dessa tendência: ele devem se tornar cada vez mais inteligentes – muito mais do que os consumidores que deixam a luz de um quarto acesa depois de sair.

Graças a sensores de presença e contexto, as luzes não só são capazes de apagar automaticamente se não há ninguém no lugar, como também de se comunicar com outros eletrodomésticos como o aparelho de TV e o ar-condicionado para registrar uma situação e se adaptar a ela na hora, conta Ohtsubo.

O consumidor japonês continua exigente, e aprecia comprar bens de consumo de marcas famosas e de alta complexidade técnica, mas presta cada vez mais atenção às vantagens práticas que eles podem oferecer, conta Ohtsubo.

Copyright AFP – Todos os direitos de reprodução e representação reservados

R7.com
http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/japao-cria-tecnologias-para-acalmar-consumidor-angustiado-20091007.html

Publicado em 07 de outubro de 2009 ás 13:04

AT&T vai permitir chamadas de voz pela internet no iPhone

R7.comEstratégia foi divulgada no mesmo dia em que a Verizon anunciou dois modelos com recurso parecido

Do R7, com Reuters

A AT&T informou nesta terça-feira (6) que vai liberar sua rede 3G para aplicativos de voz pela internet (VoIP) que rodem no iPhone da Apple, abrindo caminho para serviços como o Skype.

A empresa já informou à Apple e à comissão de federal de comunicação americana (FCC em inglês) de sua decisão.

A jogada permite ao Skype, que é propriedade do eBay, apresentar um pedido à Apple, para que a empresa decida se o aprova ou não para rodar no iPhone.

A Apple elogiou a jogada da AT&T e disse que vai desenvolver aplicativos de voz pela internet para o iPhone o mais rápido possível.

A cartada da AT&T foi feita no mesmo dia em que a Verizon Wireless anunciou que vai vender dois modelos de celular com o sistema operacional Android, do Google, neste ano – a iniciativa faz parte de uma parceria para ajudar o Google a desafiar a Apple no mundo dos smartphones (telefones inteligentes), um mercado que não pára de crescer.

Os primeiros aparelhos movidos a Android da Verizon Wireless vão rodar o aplicativo Google Voice, permitindo aos consumidores fazer chamadas internacionais pela internet e pagar tarifas mais baratas. A Apple ainda precisa aprovar aplicativos parecidos para o iPhone.

O presidente da Skype Josh Silverman chamou a jogada da AT&T de “passo certo”, mas avisou que ainda são necessárias intervenções dos governos para manter a internet aberta.

O aplicativo da Skype já foi baixado por 10% de todos os aparelhos iPhone e iTouch – eles podiam ser usados em redes Wi-Fi, mas não na rede 3G da AT&T.

R7 – Notícias
http://noticias.r7.com/tecnologia-e-ciencia/noticias/at-t-vai-permitir-chamadas-de-voz-pela-internet-no-iphone-20091007.html

Página 1 de 212